Então é assim, começou a fazer frio, eu tiro logo a minha racleteira do armário para usá-la pelo menos a cada quinze dias, e também nessa época de friozinho adoro receber os meus amigos aqui em casa com raclete, ficamos todos reunidos ao redor da racleteira, batendo papo, tomando vinho e, claro, se deliciando com esse prato suíço maravilhoso! Já falei aqui no blog da raclete, que é um prato muito apreciado também pelos alemães e que é de uma praticidadade tremenda, já que pode ser preparado com vários acompanhamentos como frios, carnes cortadas em cubos ou em tiras, bacon, picles, batatas, pães, etc. O que, de fato, não pode faltar, além da racleteira, que essa essa chapa retangular elétrica  que vocês irão ver na fotos, é o queijo raclete que aparece logo na primeira imagem, ele é muito parecido com o de founde, e eu já o compro fatiado, o que facilita bastante. Enquanto, as carnes estão sendo preparadas em cima da chapa, o queijo raclete é adicionado num recipiente de teflon pequeno, e cada convidado fica com um, embaixo da chapa há um compartimento, onde esses recipientes são colocados para que o queijo seja aquecido. Coloca-se os acompanhamentos eleitos em cima do prato, e o queijo que foi aquecido é raspado com uma pazinha de madeira e despejado por cima desses acompanhamentos, e voilá, simples assim, agora só nos resta desfrutar! Depois é só repetir o ritual e ficar curtindo a raclete, os amigos e o vinho por um bom par de horas, é ou não é simplesmente maravilhoso? 
Ahhh, e para fechar com chave de ouro, preparei de sobremesa Gran Gateau, que é a versão, digamos assim, mais monumental do Petit Gateau. Claro, que vou passar a receita logo abaixo para vocês, tenho certeza que todos irão amar!
Beijo e uma excelente semana a todos! 






Receita de Gran Gateau
A receita que eu elegi para fazer o Gran Gateau é a receita de Petit Gateau que vem lá do cantinho delicioso da minha querida amiga Carla Colombo, do Brisando na cozinha.  A receita de Petit Gateau dela é a mais perfeita que eu já provei, pode seguir bem direitinho todas as dicas que ela dá, que não há como errar! Como o Gran Gateau é uma forma mais monumental do petit gateau, hehehe, o bolinho é feito em um ramequim, que geralmente é um pouco maior do que as forminhas próprias para o petit gateau! Com essa receita deu para encher 6 ramequins. No dia raclete eu preparei 4 sobremesas, eu retirei os ramequins do freezer e os levei diretamente ao forno pré aquecido a 250° graus, e o tempo de forno para os meus 4 ramequins foram de 9 minutinhos, o suficiente, para criar uma casquinha por fora, mas com o interior molinho, simplesmente uma loucura isso, hehehe!!!!! Os outros dois ramequins que sobraram foram assados no outro dia, eu e meu marido não conseguimos reisistir a tentação, e novamente nos rendemos ao pecado da gula, mas cada colherada dessa sobremesa vale muitíssimo a pena, depois basta correr 10 km para queimar todas as colorias, kkkkk!!!!!! Vamos a receita?
Receita original aqui
Ingredientes:
2 barras de chocolate meio amargo (170g cada)
3 colheres (sopa) cheias de manteiga sem sal
4 ovos inteiros
4 gemas
1 xícara (chá) de farinha de trigo
1 xícara (chá) de açúcar
Modo de Preparo:
Derreta o chocolate junto com a manteiga. Se for fazê-lo no microondas, coloque de 30 em 30 segundos, e mexa em cada intervalo até que fique totalmente derretido.
Em seguida, adicione o açúcar e a farinha e misture bem. Vai virar uma massa meio seca, quase uma farofa. 
Coloque então os ovos um a um e as gemas e continue mexendo até ficar bem homogêneo. 
Unte 6 ramequins com manteiga e polvilhe chocolate em pó.  Despeje a massa sobre os ramequins até 2/3.
Coloque no freezer ou congelador por pelo menos meia hora antes de assar. Pode manter por lá e comer na hora que der vontade. Na hora de assar, preaqueça o forno em aproximadamente 250°C e deixe-o bem quente. Coloque para assar (retirando do freezer e colocando no forno diretamente). Deixe por cerca de 8 a 10 minutos, ou até que fique com as bordas levemente assadas e o centro ainda com aparência cru. Se assar por completo corre o risco de estar todo cozido (o que não é ruim, mas perde a característica do petit gateau...).  Retire os ramequins do forno. E rapidamente, em cada ramequim, adicione calda de chocolate por cima (você pode fazer ou comprar), enfie um picolé dentro do bolinho, de preferência que seja cremoso e que seja coberto por chocolate, enfeite com moragos cortadinhos, castanhas picadinhas e chocolates cortados em cubinhos, eu usei um chocolate com marshmallow. Sirva imediantamente e prepare-se para os elogios!!!