Nas festinhas que eu preparo aqui em casa para a minha família tem que ter coxinha, podem até faltar outros tipos de salgadinhos, mas a coxinha é presença garantida, e elas fazem o maior sucesso, quem é que não gosta? Concordo que para o preparo delas, nós temos que organizar um pouco melhor o nosso tempo, elas dão sim um pouquinho de trabalho, mas vale super a pena, o resultado final é maravilhoso! E vou ser bem sincera, eu simplesmente amo preparar coxinhas, adoro moldá-las, para mim uma terapia, kkkkkkk!!!! Abaixo, eu dou todos os detalhes de como eu preparo essa gostosura de salgadinho, dou dicas de como empanar, congelar e também de como fritar as coxinhas, vale a pena dá uma conferida na receita, até quem nunca fez, vai se sentir tentado a colocar a mão na massa, que por sinal é uma delícia!!!! Bora aprender?
Beijos e até a próxima!


Recheio de frango:
1 kg de peito de frango
1 cebola média picadinha
3 dentes de alho
2 folhas de louro
1 cubinho de caldo de frango esfarelado
1 colher (sopa) de mostarda
2 colheres (sopa) de shoyo
1/2 xícara de molho de tomate
1/2 xícara (chá) de cheiro verde picadinho
1 litro de água fervente
1 pimenta dedo de moça picadinha
Pimenta do reino a gosto
Sal a gosto
azeite
Massa:
3 xícaras (chá) do caldo do cozimento do frango coado
3 xícaras (chá) de leite
2 colheres (sopa) de manteiga
4 xícaras (chá) de farinha de trigo
Modo de preparo do recheio
Coloque uns fios de azeite em uma panela e refogue a cebola juntamente com alho. Em seguida, adicione as folhas de louro, o cheiro verde picadinho e o frango. Quando o frango começar a dourar, acrescente, o caldo de frango esfarelado, a mostarda, o shoyo, a pimenta dedo de moça, a pimenta do reino, o molho de tomate e a água fervente. Deixe o frango cozinhando em fogo médio por cerca de 30 40 minutos, se necessário corrija o sal. Depois que frango estiver morninho, ou frio, desfie-o. Coe 3 xícaras do caldo do cozimento do frango, você irá precisar para preparar a massa e reserve. Corte 1 cebola grande em cubinhos, coloque uns fios de azeite em uma panela e dê uma douradinha na cebola. Em seguida acrescente o frango e refogue-o juntamente com a cebola. Quando o frango estiver refogadinho, adicione 1/2 xícara de molho de tomate para dá uma corzinha e deixe por mais 5 minutinhos no fogo, mexendo sempre. Desligue o fogo e, se quiser, pode acrescentar ao frango cheiro verde e azeitonas verdes picadinhas a gosto. Quando o frango estiver frio, acrescente 300 gramas de catupiry, ou requeijão cremoso (meninas da Alemanha eu usei Milkana Sahne) e mexa tudo até obter um recheio uniforme, reserve.
Modo de preparo da massa:
Em uma panela grande de fundo grosso, coloque o leite, o caldo do cozimento do frango coado, a manteiga e deixe ferver, corrija o sal se necessário. Em seguida, acrescente a farinha de trigo de uma só veze mexa com o auxílio de uma colher de pau até que a massa solte do fundo da panela, é necessário que a farinha cozinhe, por tanto mexa bem, portanto força no muque, o resultado irá valer a pena. Disponha a massa morna sobre uma superfície lisa e untada com um pouco de manteiga, vá sovando-a bem até ela ficar fria e lisa.
Montagem:
Enquanto você vai modelando as coxinhas, coloque no freezer uma vasilha cheia de água (cerca 1 litro), você a usará no lugar da clara no momento que for empanar as coxinhas.
Pegue uma porção pequena da massa e faça uma bola. Em seguida, achate essa bola até obter o formato de um círculo. Coloque o recheio no centro e puxe as bordas para cima dando um formato pontiagudo. Proceda dessa forma até terminar toda a massa. Essa receita rendeu 70 coxinhas de tamanho médio, as minha ficaram maiores do que uma coxinha tamanho coquetel. Depois que todas as coxinhas estiverem modeladas, retire a água do freezer, mergulhe a coxinha nessa água e passe na farinha de rosca, repita essa operação com as demais coxinhas. Como eu gosto de uma casquinha mais grossa e crocante, passo novamente cada coxinha na água (esse processo agora tem que ser rápido para não retirar a farinha de rosca do primeiro empanado) e passo novamente na farinha de rosca. Em seguida é só fritar em óleo quente até ficarem douradinhas.
Observação: 
Quando eu faço coxinha aqui em casa eu sempre as congelo, o processo de congelamento é muito fácil e prático. Quando todas as coxinhas estiverem prontas, acomode-as em pratos, uma ao lado da outra, não pode colocar uma por cima da outra,e leve esses pratos ao feezer. Cerca de 3 horas depois ,ou de um dia para o outro, retire as coxinhas do prato e coloque-as dentro de um saco grande, retire todo o ar dele, feche-o bem e leve-o ao freezer, elas terão validade de dois meses, uma mão na roda para quem gosta de fazer festinha em casa e  tem que organizar tudo com antecedência.
Outra observação:
Eu retiro as coxinhas do freezer somente na hora de fritá-las, eu faço assim, porque eu tenho fritadeira elétrica e dá super certo, elas não ficam congeladas por dentro, elas ficam no ponto certo, quentinhas, super sequinhas e crocantes. Se você não tiver uma fritadeira elétrica, sugiro que controle bem a temperatura do óleo, já que ele não pode ficar quente demais, se não corre o risco das coxinhas ficarem douradas por fora e frias por dentro, também tem que controlar a quantidade de coxinhas que irão ao óleo, não coloque muitas de uma vez só, ok! E lembre-se, as coxinhas devem ser retiradas do freezer na hora que forem ser fritas, se você retirá-las antes, elas irão se desmanchar.

Bom apetite e volte sempre!