Essa receita é surpreendente,porque ao invés de levar cachaça,a massa é feita com vinho tinto,isso mesmo,pasmem,vinho tinto!!Fiquei com uma pulguinha atrás da orelha e me indaguei várias vezes,será que eu faço,ou não?Mas a curiosidade falou mais alto e decidi arriscar.Para a minha sorte,deu super certo,porque  nao existe nada pior do que ir para a cozinha e testar uma receita  que nao teve um resultado satisfatório.A massa ficou super crocante e bem sequinha.Essa receita tirei de um livro maravilhoso que eu tenho:Las 100 mejores tapas,que é um livro com receitas práticas e deliciosas da cozinha espanhola.
Ingredientes da massa(renderam 10 pasteizinhos):
3 colheres(sopa) rasas de azeite de oliva
3 colheres(sopa) rassas de leite
3 colheres rasas(sopa) de vinho tinto
100 grs aproximadamente de farinha de trigo
Sal 
Modo de preparo:
Misture os ingredientes líquidos e  uma pitada de sal.Incorpore a farinha e mexa com as mãos até a massa ficar bem homogênea.Note que ela ficará no ponto ,quando nao grudar mais nas maos.Você poderá precisar de um pouco mais de farinha de trigo para chegar no ponto ideal de trabalho,mas será pouca quantidade,nao exagere na farinha de trigo para que a massa nao fique pesada.Deixe a massa descansar na geladeira por uma hora.Polvilhe um pouco de farinha na bancada e com o auxílio de um rolo abra a massa numa espessura bem fininha e faça círculos de aproximadamente 7 cm.Coloque o recheio de sua preferência(os meus pastéis foram recheados com queijo e presunto).Mole a borda da massa com um pouco de água,feche o pastel e aperte a borda com um garfo.Frite-os em óleo quente.